Por que você deve treinar o seu cérebro tanto quanto o seu corpo

*Texto Original: “Why you must train your brain as much as your body “de Treble Maker #909
*Tradução livre por Bruna Medeiros

bw-wall

Resistência mental é tão importante quanto força física quando o assunto é esporte.

Quando você começa como fresh meat, você está aprendendo todas estas novas skills; exigindo mais do que nunca do seu corpo; colocando pressão sobre si mesma para passar nas minimum skills e para descobrir tudo sobre as regras de Roller Derby. Você começa a pensar que você precisa ficar mais forte e trabalhar sua aptidão física, precisa fazer treinamentos off skates, treinamento de agilidade, mas o que fica faltando na maioria das vezes é o treinamento mental.

As pessoas parecem pensar que resistência mental é algo que você só vai precisar quando começar a atingir níveis superiores no esporte, mas não poderiam estar mais erradas.

Os melhores esportistas do mundo geralmente são aqueles que compreendem a importância da resistência mental desde o início.

A força mental não é algo que adquirimos da noite para o dia. Assim como a força física, é resultado de uma prática constante que envolve ajustes e revisões no seu desenvolvimento para obter os melhores resultados.

Começar o treinamento de resistência mental cedo não só significa que quando você estiver em um nível superior você já terá mais habilidade, como também vai tornar a sua experiência como fresh muito mais agradável e benéfica.

back-3


O que é resistência mental
? 

Definição, segundo Wikipédia:

  1. Resistência mental são diversas atribuições que permitem a uma pessoa persistir apesar de circunstâncias difíceis (assim como um treino difícil ou uma situação competitiva difícil em jogos) sem perder a confiança.

Ou, em outras palavras: a habilidade de dar duro e fazer o que for necessário; resistir às críticas e aprender com os erros; aquela qualidade interna que faz com que cada um dê o seu melhor, sustente suas paixões e objetivos de longo data, independentemente, ou apesar das dificuldades que enfrente. Resistência mental é manter a cabeça no lugar quando todo mundo a sua volta está perdendo a deles; sentir a pressão e saber lidar com isso.

sprinter-

 

Por que resistência mental é importante? 

No esporte ocorrem erros. Muitos, muitos erros. Erros nos treinos – ainda não consigo fazer derby stop!Erros nos jogos – Perdemos! Eu entreguei um power jam! – E erros como não passar nas minimum skills ou integrar o time. Tantos erros, grandes e pequenos, que, se você não for mentalmente resiliente, vai fazer com que se sinta como um fracasso.

E isso pode fazer você desistir e ir embora.

Você precisa ser mentalmente forte para lidar com todas essas falhas, grandes e pequenas, aprender com elas e usá-las para melhorar.

Você também precisa ser mentalmente forte pelo seu time. Quando você vai pra track, precisa poder confiar em cada teammate na line up. Precisa saber que sua jammer sabe lidar com a pressão e ficar tranquila. Precisa saber que não vai acabar fazendo o papel de duas jogadoras porque sua blocker não consegue manter a calma e acaba saindo do jogo.

Roller Derby é um esporte de equipe e como parte da equipe, é sua responsabilidade ser forte por elas, mental e fisicamente. Ninguém vai te forçar a fazer treinamentos off skates e ninguém vai te forçar a fazer treinamento mental, mas se você quer ser a melhor teammate que puder, tem que assumir a responsabilidade e treinar corpo e mente.

b-w-holding-skates

 

Dicas rápidas de resistência mental

Torne-se autoconsciente

Você não pode se tornar mais forte se não estiver consciente das suas fraquezas. Comece levando em conta como você se sente e o que pensa quando percebe pressão ou fracasso. Sente raiva? Seu ritmo cardíaco vai lá no céu? Você perde o foco? Consegue esquecer o fracasso facilmente? Você tem “jamnésia”? Descobrir se nossas respostas a estas perguntas são positivas ou negativas, e, no caso de serem negativas, tentar mudá-las.

Controle somente o que consegue controlar

Compreender que você não pode controlar tudo; o que outras pessoas vão fazer ou dizer; como os coaches vão marcar você; quão forte e resistente o outro time é; decisões dos refs… Perceber que estressar por coisas que não estão em seu controle é uma perda de tempo. Em vez disso concentre sua energia no que você pode controlar; sua força e aptidão física; o quanto se esforça nos treinos; quanta pesquisa pode fazer sobre o outro time/local do jogo; quantos jogos assiste e analisa… Concentrando nas coisas que você consegue de fato controlar vai diminuir sua ansiedade e consequentemente vai focar nas coisas que realmente importam.

Eu só tenho controle das coisas que faço.

Perceber que a pressão está na sua cabeça

Ninguém pode te fazer sentir pressionado. Pressão é algo que você percebe ou decide sentir. Nos sentimos pressionados quando projetamos uma visão imaginária do futuro, cheio de expetativas negativas. Expectativas que são fruto da nossa imaginação! Pressão nada mais é do que um monte de “e se…”; e se eu falhar; e se eu perder; e se eu estragar tudo? Pressão é pensar sobre o resultado e as coisas que estão fora do nosso controle. Quando se sentir pressionado, tente focar na tarefa que foi designada; em vez de “eu preciso marcar pontos!” pense “passar entre as aberturas, velocidade nos pés e impulso. Ou ao invés de “eu não posso perder a jammer!” pense “abrir espaço, foco, comunicação”. Tirar o foco da pressão centrando apenas no aqui e agora, na sua função atual.

Coragem é graça sob pressão.”

Ver os fracassos como oportunidades

Falhas são, na verdade, incrivelmente valiosas. Elas te dizem uma coisa; o que você fez de errado e o que pode melhorar. Ao invés de levar como um golpe para o ego, engula e use cada falha como uma lição. Reveja, analise e ajuste, em seguida, tente novamente. Não resida no fracasso, aprenda com ele e então siga em frente.

O passado é só treino; ele não te define.

Pare de se comparar com os outros

Comparação é, de fato, o que rouba a diversão. É desmotivador, prejudicial e não te deixa mais perto dos seus objetivos. Comparação não é pensar “Nossa, como ela faz aquilo? Um dia eu chego lá! Vou pedir dicas…” Comparações é “Uau, ela é tão melhor que eu, porque eu não consigo fazer isso? Eu nunca vou conseguir, eu sou muito bosta!” Comparações depreciam o trabalho que a pessoa que você tem inveja investiu para ficar tão boa. E você também pode ser tão boa quanto ela se se esforçar! Para manter a motivação você tem que fazê-lo por você, não para ser melhor do que alguém. Se você achar que é demais, ninguém mais importa!

 “Não compare o seu 1º capítulo como o capítulo 20 de alguém.”

Foco no processo

Se você só está focando no destino, está perdendo a diversão que é a jornada. Ganhar é ótimo, mas se você só tiver a vitória como objetivo, perder se torna absolutamente terrível. Se, no entanto, você tiver como objetivo “jogar bem” ou bater com força, enquanto conseguir isso nos jogos você vai “ganhar” independentemente do resultado. Também se aplica no processo de aprendizagem das skills; seu objetivo principal pode ser pular alto, mas antes de mais nada é preciso alcançar as metas dentro deste processo – fortalecer a perna de impulso, praticar pulos off skates, praticar saltos de patins, praticar pulos altos sozinha, com blockers, e, finalmente, praticar saltos em situação de jogo. Focando em atingir o menor dos objetivos, e aumentando a meta irá evitar o desapontamento se não atingir o objetivo de imediato.

Se você focar nos resultados, nunca vai mudar. Mas se você focar na mudança, verá os resultados.”

Use a sua imaginação

Ao invés de usar nossa imaginação para pensar em resultados negativos e na tensão, nós podemos utilizá-la para mentalmente, praticar, preparar, reorientar e construir confiança. Antes de pôr em prática – seja antes, durante ou depois do jogo, ou até antes e durante os treinos – imagine-se fazendo aquilo bem e obtendo sucesso ao fazê-lo. Tenha em mente uma imagem tão vívida e realista quanto for possível, incluindo paisagens, cheiros e sensações. Sua mente não sabe a diferença entre a vida real e a imaginação, logo, responde da mesma forma a ambos. Use imagens mentais positivas para botar para fora os pensamentos negativos e assim, recompor seu corpo e mente para o que você está prestes a executar, retomando o foco na tarefa a ser cumprida.

Visualização positiva invoca a lei da atração:

Você só vai conseguir se acreditar

jump-4

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s