Ameaça em dobro

Original: “Double Threat” por Kamikaze Kitten.

Tradução: Marcy The Wicked #121

 

doublethreat-1024x764

“Alguns dias eu tenho ‘dias de bloqueadora’, e outros dias eu tenho ‘dias de jammer’, mas raramente eu jogo uma partida em que sou boa nas duas posições.”

Alguma vez você já disse isso? Eu já disse isso bastante no passado. Este ano eu decidi voltar o olhar mais atentamente sobre essa questão de ser uma “ameaça dupla” (essas pessoas geniais que conseguem tanto jammar quanto bloquear). Por que nós temos dias em que somos melhores numa posição do que na outra? Qual é a diferença? Por que algumas jogadoras facilmente alternam entre as duas posições e outras acham essa tarefa quase impossível?

Bloquear e jammar podem exigir habilidades bastante diferentes. Muitas jogadoras gostariam de ter um conjunto diferente de patins para jammar e para bloquear. No mundo imaginário da minha cabeça, todas nós teríamos uma equipe de pitstop para as trocas de rodas e amortecedores nos 30 segundos entre as jams. Se pensar nisso, os movimentos que as bloqueadoras fazem tendem a ser laterais e de resistência à força, enquanto a função primária da jammer é se mover para frente e aplicar força.

Entretanto, em última análise, eu sinto que o equipamento pode ser usado como uma desculpa ao porquê de nós estarmos tendo um dia de jammer ou um dia de bloqueadora, ao invés do verdadeiro motivo. Quando olhei para a psicologia dos dois papéis e, em particular, para algo chamado de Níveis de Animação (NA), eu cheguei muito mais perto de entender este problema.

O seu NA ótimo é quando você está dando o seu melhor. O ponto no espectro varia de 1 (dormindo) até 10 (MUITO, MUITO, MUITO, MUITO EMPOLGADA) em que você fica focada no jogo e consegue alcançar o seu melhor desempenho. Com muito mais frequência, o NA que você precisa para bloquear e o NA para jammar são diferentes. É aqui que você vai encontrar a raiz dos seus problemas em se tornar uma ameaça dupla.

Vamos ver alguns exemplos pra nos ajudar a ter uma ideia melhor.

A jogadora 1 bloqueia melhor em um NA alto. Ela gosta de estar num nível 8 para bloquear porque é o único estado em que ela consegue encontrar força e agressão suficientes para fazer as coisas acontecerem na track. Quando ela está em um NA baixo, ela tem dificuldade em mover as pessoas ao seu redor, e demora a reagir às diferentes estratégias sendo implementadas pelo seu time. Quando ela jamma, entretanto, ela precisa buscar ser mais cautelosa senão ela entra em pânico. Então, jammar num NA de 8, a faz ser enviada para o banco de faltas por cortar a pista. Ela precisa estar num NA em torno de 6, para que possa processar melhor suas decisões e permitir que o seu time trabalhe por ela. Se ela estiver numa rotação entre bloquear/jammar e mantiver um NA constante de 8, ela se tornará um risco como jammer, enquanto um NA de 6 a deixará ineficaz como bloqueadora. O primeiro passo para a jogadora 1 é desenvolver a habilidade dela de estimar o seu NA a qualquer momento, para que ela possa dar o retorno dessa informação a suas companheiras de time e treinador(a). O segundo passo é aprender a ajustar esse NA entre as jams – se empolgando um pouco mais para bloquear e se acalmando para as jams.

A jogadora 2 é o oposto. Ela gosta de estar em um nível 9 para jammar, uma vez que é único nível em que ela consegue ativar suas fibras musculares de contração rápida e ter o senso de urgência para passar pelo pack primeiro. Quando está bloqueando, por outro lado, um NA alto faz com que ela se afaste das suas companheiras de time e se dedique exageradamente a dar hits. Ela acaba se dispersando pela pista (e acaba bastante no banco de faltas). Ela trabalha melhor num nível 7 como bloqueadora. No entanto, para o seu time, ela é muito mais útil como jammer e, portanto, é mais importante que ela esteja num alto NA do que completamente controlada como bloqueadora. Ela pode usar as mesmas técnicas que a jogadora 1 (só que trocadas) OU ela pode se focar em manter seu NA alto durante todo o jogo, mas ter uma Âncora dentro do pack. Alguém que consiga se comunicar com ela durante a jam no seu estado de NA alto e a quem ela vai ouvir e responder.

Então, quando me dei conta dessas diferenças no meu NA ótimo para jammar e bloquear, surgiu uma maneira completamente nova de manter minha performance sob controle durante jogos. Parou de parecer que era algo aleatório e passou a ser possível desenvolver estratégias para lidar com isso.

Essas estratégias serão diferentes de pessoa pra pessoa, mas um bom ponto de partida é com a respiração, o diálogo interno e a visualização. Eu descobri que aumentar o ritmo da minha respiração é uma maneira fácil de aumentar o meu NA, e diminuir consegue me acalmar. Mesma coisa quanto ao diálogo interno – pisar na pista como bloqueadora com as palavras “controle e calma” tem o efeito de manter meu NA baixo, mas “agressão e PORRADA” aumentam ele de novo. Finalmente, para aqueles momentos entre as jams, ter uma pequena visualização pode ajudar bastante. E se todo o resto falhar, eu noto que uns tapinhas no rosto pra acordar funcionam maravilhosamente bem pra me animar de novo. A melhor coisa a fazer é experimentar no treino com níveis diferentes, e falar com suas companheiras de time se você não tem certeza de estar fazendo o seu melhor.

Claro, essas coisas não funcionam apenas com ameças duplas. Pode ser igualmente útil se vocês está tendo dificuldades em performar consistentemente durante os treinos, quando, qualquer NA que você consiga atingir seja o que você normalmente mantém durante todas as drills.

Você nunca pode pedir mais do que ser capaz de jogar o seu melhor com confiança, não importa o nível que isso seja. Quanto menor isso depender de circunstâncias externas, maior confiança você terá em você mesma, e mais efetiva você será na track.

Agora, onde está essa equipe de pitstop…

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s