Roller Derby, Do It Yourself e Vida Profissional :D

Já se foram quase quatorze meses desde que eu conheci as wheels e comecei a treinar. E já se foram seis meses desde que eu comecei a atuar no comitê de treinamento, primeiro planejando e passando treinos de habilidades mínimas, e hoje planejando e passando treinos de habilidades avançadas, estratégia e jogo também. Era uma coisa que eu queria muito, que chegasse o final de 2015 e eu pudesse me candidatar para participar de algum comitê e ajudar a equipe, e ao mesmo tempo me dava medo, pois se eu estava treinando há apenas oito meses, como eu iria ensinar e passar exercícios para meninas que estavam ali há muito mais tempo que eu?

Confesso que nos primeiros treinos eu me senti insegura e com vergonha de fazer alguma coisa errada, mas logo fui percebendo a importância de estar ali, como as jogadoras depositavam expectativas no que eu estava passando para elas, e conseguindo também analisar as situações de treino, jogos e de jogos externos, a fim de contribuir cada vez mais para o crescimento do time! Consequentemente eu comecei a querer que a política do “do it yourself” (faça você mesmo), que é muito presente no roller derby, fizesse parte da minha vida pessoal e profissional também. E foi a imensa bagagem que eu já carrego em apenas quatorze meses de derby que me incentivou e me fez acreditar que era possível.

Identifiquei uma infinidade de semelhanças nas posições de jammer e blocker com meu trabalho como designer, que é um processo de solucionar problemas composto por várias etapas – briefing, pesquisa, conceituação, desenho, ajustes, finalização. O roller derby é um esporte que trabalha técnicas e estratégias, bem como o processo de design, e em cada drill, treino, jogo jogado, jogo assistido, conversa sobre derby, eu passo por esse mesmo processo: de identificar um problema, pesquisar e pensar como resolver, e dar tudo de mim enquanto trabalho nessa solução!

O “faça você mesmo” e o “vai lá e faz”, que regem o trabalho em uma equipe de roller derby, tomaram conta de mim e eu percebi com tudo isso que eu posso, sim, trabalhar e chegar aonde eu quiser, basta eu enxergar o meu lugar hoje, e o lugar que eu quero estar amanhã. Ainda faz pouco tempo que eu tomei a decisão de não trabalhar mais em uma agência de propaganda ou em um escritório de design, mas foi tempo suficiente pra tirar a bunda da cadeira em outros âmbitos da minha vida, e ver as coisas acontecerem do mesmo jeito que elas vêm acontecendo pra mim no esporte. ❤

Miss Mulder 00 | designer e artesã

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s